Como usar o seu décimo terceiro?

By:

Ao receber qualquer renda extra, é comum ter dúvidas sobre a melhor maneira de gastá-la ou até sobre a possibilidade de não fazer isso. Por exemplo, nem todos sabem exatamente como usar o décimo terceiro salário no momento em que recebem.

Há diversas maneiras de usar o décimo terceiro salário. Foto: João Geraldo Borges Jr.

O mais surpreendente é que esse montante é recebido sempre na mesma época do ano, o que facilita o planejamento acerca de sua utilização.

Em geral, não há a melhor maneira de gastar ou não esse dinheiro. Existe uma forma mais conveniente para determinadas situações. Logo, se em um ano o mais sensato a fazer é investir, no período seguinte a prioridade pode ser o pagamento das dívidas.

Verifique a seguir três formas para usar o décimo terceiro salário: investir ou poupar, criar uma reserva para futuras e eventuais emergências, realizar um sonho, pensar no próximo ano e, para começar, pagar as dívidas.

Quitando suas dívidas

As pendências financeiras adquiridas ao longo do ano ou até mesmo antes disso podem ser resolvidas através do décimo terceiro salário. Os endividamentos mais comuns são as faturas de cartão de crédito, o cheque especial e os financiamentos.

O recebimento de uma quantia extra é uma oportunidade perfeita para colocar um fim em todas essas dívidas, ou, pelo menos, começar a quitá-las, caso o valor seja mais alto.

Apressar o pagamento de uma dívida evita o acúmulo maior de juros e ajuda o inadimplente a começar o novo ano em uma situação bem distinta: sem dívidas e preocupações, além da retirada do nome dos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito.

Essa chance também é um pretexto para lidar com o dinheiro de outra forma no futuro. Aprender a não gastar mais do que recebe – e aplicar essa teoria – ajuda a dar aos próximos rendimentos um destino bem diferente.

Investindo ou poupando o dinheiro

Outra maneira de como usar o décimo terceiro salário é fazer um investimento ou poupar essa quantia de alguma forma. Afinal, como não faz parte dos rendimentos mensais, uma boa opção é usá-la para realizar um projeto ou ajudar nesse sentido.

Quando se fala de investimentos, esse dinheiro pode auxiliar na compra de um imóvel, de um automóvel ou servir até para empreender. Evidentemente, não se pode adquirir esses bens apenas com a renda do décimo terceiro, mas ela faz com que esses sonhos sejam realizados mais rapidamente.

Caso ainda não seja possível concretizar esses projetos, guardar uma porcentagem da renda no decorrer do próximo ano pode ser uma ótima alternativa. Novos hábitos de consumo trazem resultados incríveis se houver comprometimento.

Há também uma infinidade de maneiras de deixar esse valor rendendo para usar futuramente, tais como poupança, CDB ou ações. Ante de escolher uma alternativa, você deve apenas verificar o melhor rendimento e o tempo de retorno, se é rápido ou se costuma demorar mais.

Se julgar mais conveniente, você pode usar uma parte do décimo terceiro salário para esse fim. Metade ou um pouco mais já ajuda bastante a ter uma boa reserva.

Criando uma reserva para emergências

Imprevistos acontecem e, com eles, gastos extras. Por isso, saber como usar o décimo terceiro salário também inclui a criação de uma reserva para qualquer eventualidade.

Elas podem gerar uma lista grande, mas entre as mais comuns estão os reparos no carro, problemas de saúde, seus, de familiares ou animais de estimação, ou ainda avarias na casa ou apartamento.

Você pode também poupar, investir ou economizar para uma possível futura emergência. Foto: Joshua Wilson

Não ter dinheiro suficiente para custear essas despesas é bem aborrecedor e pode gerar uma dívida, uma vez que a saída mais comum é fazer um empréstimo.

Se você já tiver uma quantia guardada para este fim, pode incrementar com o valor parcial ou total do salário extra. Caso ainda não tenha, use o seu próximo décimo terceiro para isso. É um grande alívio contar com dinheiro diante de um fato novo e extraordinário.

Pensando no próximo ano

Dezembro é o mês no qual as pessoas têm mais dinheiro e, por esse motivo, as vendas são aquecidas em todos os setores. No entanto, o mês seguinte é marcado por uma quantidade grande de pagamentos para fazer – IPVA, IPTU, material escolar, cartão de crédito com as despesas das festas de fim de ano e muito mais.

Uma boa dica para não passar aperto e já começar o ano no vermelho é separar uma parte do décimo terceiro especialmente para o pagamento desses compromissos. Faça as contas e tenha um valor aproximado do total de todos esses tópicos.

Essa forma de usar o décimo terceiro salário é ainda mais urgente para quem tira férias em dezembro ou janeiro, pois há uma quebra de sequência de recebimentos, que, mesmo planejada, faz falta.

Vale destacar que tributos como IPTU e IPVA têm desconto quando pagos em uma única parcela. Separar o dinheiro extra de dezembro para esses fins pode também ajudar a economizar um bom dinheiro, além de dar uma tranquilidade para o resto do ano, principalmente no imposto sobre imóveis, cujas parcelas atravessam o ano.

Realizando seu sonho

Não importa a natureza do seu projeto: pode ser uma viagem, um bem especial, uma TV nova ou um celular. O décimo terceiro salário também pode ser usado para se presentear, ainda mais depois de um ano inteiro de muito trabalho.

O mais vantajoso de usar esse dinheiro é diminuir as possibilidades de fazer financiamentos e começar o ano seguinte já com dívidas. Outra dica é esperar o mês de janeiro, quando normalmente as lojas promovem liquidações para compensar a queda habitual nas vendas.

Com a procura maior na época do Natal, é característico que os valores subam. Por isso, pesquise, compare e aproveite os melhores preços.

Você viu algumas formas de como usar o décimo terceiro salário. Para ter mais dicas, leia os outros textos do blog e visite-o para ter acesso às suas atualizações. Entre em contato para quaisquer questionamentos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *