close

Grana

Empréstimo para pessoa física: qual é a melhor escolha?

janeiro de 2018


timer
Tempo aproximado
de leitura:
5 min



A demanda por empréstimo para pessoa física tem aumentado cada vez mais. Porém, muitas pessoas não sabem qual é a opção ideal e se perdem em meio a juros altíssimos e a prazos não adequados para o seu orçamento.

Além disso, existem empresas fraudulentas que aplicam taxas ilegais sobre o empréstimo, como o depósito antecipado, fazendo com que o consumidor seja lesado.

Então, é de suma importância realizar uma larga pesquisa sobre a legalidade das instituições financeiras, além de conhecer os principais tipos de empréstimo para pessoas físicas existentes para optar pela melhor opção.

Quais os principais tipos de empréstimo para pessoas físicas?

Existem diversos tipos de crédito para pessoas físicas.

Existem diversos tipos de empréstimo para pessoas físicas e o solicitante precisa conhecê-los antes de contratá-los, a fim de fazer a melhor escolha de acordo com o seu perfil.

Independentemente do tipo escolhido, o solicitante precisa estar sempre atento a todas as condições e taxas, além de ser indicado que haja a simulação de todos os valores antes da assinatura do contrato.

O empréstimo para pessoa física mais conhecido e realizado pela população brasileira é o empréstimo pessoal. Este pode ser solicitado em instituições financeiras e em diversos bancos após uma análise de crédito. A liberação do valor pretendido costuma ser rápida e a contratação acontece sem muita burocracia envolvida.

Outro tipo bastante conhecido e contratado é o empréstimo consignado. Este nada mais é do que um crédito que será pago de forma indireta, já que o valor das parcelas é debitado automaticamente da folha de pagamento do requerente.

Com isso, apenas quem possui carteira assinada, recebe pensão ou é aposentado pode contratá-lo. Uma grande vantagem desse empréstimo são os juros mais baixos.

Já o empréstimo rotativo é um crédito concedido pelo banco através do banco. Ele funciona da seguinte forma: o consumidor comprou R$500 com seu cartão de crédito, mas só conseguiu pagar R$100. O valor restante será pago aos estabelecimentos em questão pelo banco que cobra o empréstimo nas faturas seguintes do consumidor acrescido de altos juros. No entanto, essa forma de crédito agora é limitada a apenas um mês. Após 30 dias o crédito rotativo precisa ser alterado para outra forma de crédito.

Outro tipo de empréstimo para pessoa física é o crédito do cheque especial. Uma de suas vantagens é a falta de burocracia, já que o valor já fica pré-aprovado na conta-corrente do solicitante que pode utilizá-lo a qualquer momento. Sua maior desvantagem é a alta taxa de juros combinado com a facilidade de usá-lo a qualquer momento, sem avisos.

O empréstimo por penhor é concedido quando o requerente deixa uma joia, como um colar ou um relógio, como garantia de pagamento do valor emprestado pela instituição financeira. Esse tipo de empréstimo não conta com análise de crédito, o que pode ser vantajoso para o requerente.

O que é análise de crédito e qual sua importância?

A análise de crédito estuda o perfil do solicitante.

A análise de crédito pessoal nada mais é do que o estudo do perfil do solicitante do empréstimo. Ela é realizada quando o consumidor entra com um pedido de crédito junto a uma instituição financeira.

Ela analisa todos os documentos pessoais, negativação de nome, comprometimento de renda e score de crédito. Com isso, a instituição consegue avaliar o potencial de pagamento ou de inadimplência do solicitante, a fim de se resguardar.

Após essa análise, o requerente será avisado sobre a reprovação ou aprovação do seu pedido de crédito. Se esse tiver sido aprovado, ele precisará aceitar todos os termos e condições da instituição financeira.

É imprescindível que o contrato seja lido com bastante atenção, para que todas as taxas e prazos de pagamentos sejam de total conhecimento do consumidor.

Quais os cuidados antes de contratar um empréstimo?

É preciso tomar bastante cuidado na hora de contratar um empréstimo.

É preciso tomar alguns cuidados no momento da contratação de um empréstimo. A primeira coisa que o solicitante precisa fazer é pesquisar, a fim de não cair em algum tipo de golpe. Existem empresas fraudulentas que enganam e lesam o consumidor.

Então, é de suma importância que o requerente desconfie de ofertas muito fáceis com prazos e taxas de juros destoantes da maioria existente. Além disso, é fundamental que a instituição financeira seja legalizada pelo Banco Central.

Outra dica é desconfiar de empresas que exigem taxas abusivas ou ilegais, como é o caso do depósito antecipado.

Empresas idôneas possuem um certificado de segurança, que nada mais é do que um cadeado verde localizado no início do link, ao lado do “https”. Essas também possuem as páginas de “Termos de uso”, “Política de Privacidade” e “Quem Somos” escritas com um português claro e correto, sem erros gramaticais e com imagens de ótima qualidade.

Também é imprescindível que o CNPJ da empresa seja confirmado junto ao Banco Central. Pois algumas empresas fraudulentas costumam usar CNPJs falsos ou de empresas existentes, enganando o consumidor.

Uma instituição financeira confiável realiza seus depósitos através de contas jurídicas. Então, o solicitante precisa confirmar se o depósito em sua conta partirá de uma conta física ou jurídica.

Atualmente, existe uma nova modalidade de empresas de crédito que são as FinTechs. Estas atuam como correspondentes bancários das financeiras, porém, com menos burocracia, de forma rápida, ágil e muitas vezes com taxas de juros até melhores.

Os correspondentes bancários são empresas contratadas por instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central para a prestação de serviços de atendimento a clientes dessas instituições.

As FinTechs traçam um perfil do solicitante no momento da simulação de valores e taxas de juros e montam um plano de empréstimo exclusivo para o seu perfil.

Além disso, elas costumam liberar o valor do empréstimo em até um ou dois dias úteis, o que é uma grande vantagem para quem precisa logo do dinheiro.

Como funcionam os empréstimos da Rebel?

A Rebel é uma FinTech que oferece crédito pessoal online para pessoas físicas. Os empréstimos da Rebel podem ser uma excelente opção para você procurando por um processo rápido, conveniente e com preços justos. A Rebel se orgulha de oferecer um atendimento de qualidade com um processo 100% online e extremamente seguro.

Você já sabia como funcionava o empréstimo para pessoa física na maioria das instituições financeiras? Tem alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo e continue acompanhando nossas publicações.



Leia mais

Grana
timer 4 min

Empréstimo consignado: vantagens e desvantagens

agosto de 2017
Grana
timer 7 min

O que é leasing de carros? Qual a melhor escolha: CDC ou leasing?

janeiro de 2018
Grana
timer 4 min

Entenda como funciona, na prática, o limite do cartão de crédito

março de 2018