close

Grana

Golpes nunca mais: saiba tudo sobre as taxas que você paga

junho de 2020


timer
Tempo aproximado
de leitura:
3 min



Com tantas opções de crédito no mercado brasileiro e o número gigante de golpes sendo aplicados em momentos em que as pessoas estão mais fragilizadas financeiramente, temos que ficar atentos aos valores cobrados e estarmos bem informados para não cair em FRAUDES!

Logo de cara, nosso CEO Rafael Pereira já vai te dizer quais taxas realmente podem ser cobradas de você ao contratar um crédito, de acordo com a lei, pra você nunca mais cair em golpes!

No caso do crédito, os valores cobrados são tarifas de produto e serviço, juros e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

 

Juros

A taxa de juros é basicamente o rendimento do valor emprestado pelo período determinado em contrato.

Para determinar o valor dos juros são definidas taxas percentuais (taxas de juros) decididas pela política do credor, ou seja, o local onde se realizou a contratação do crédito.

Essas taxas podem variar de instituição para instituição de acordo com a análise do credor e tamanho do risco do emitente.

O mercado brasileiro utiliza de forma padrão a Taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), criada em 1979 pelo Banco Central do Brasil, tendo um papel de balizador no  controle da inflação.

Ela influencia todas as taxas de juros do país, sendo elas: taxas de empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

 

IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), é um imposto federal, ou seja, é um valor que é pago diretamente ao governo pela instituição financeira em seu nome.

As operações financeiras que aplicam essa taxa são: crédito, câmbio e seguros, além de operação de Cédulas Bancárias e imobiliárias, como bolsa de valores ou fundo imobiliário.

Seu propósito é ser um regulador da economia nacional. Essa taxa serve também como um recolhimento proporcional dos investimentos no mercado, dando conhecimento da demanda e oferta atual de crédito e podendo ser alterada a qualquer momento sem passar pelo Congresso Nacional.

 

Tarifas
(Produtos e Serviços)

Essas tarifas de produtos ou serviços, diferentemente do IOF e Juros (que precisam estar presentes no contrato), são opcionais e ficam a cargo de cada instituição aplicá-las ou não.

Conheça as taxas que são permitidas no Brasil:

  • Exclusão do nome do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF);
  • Pedido de contraordem (ou revogação) e oposição (ou sustação) ao pagamento de cheque;
  • Confecção e fornecimento de folhas de cheque que ultrapassem 10 unidades mensais (que são gratuitas);
  • Transferência de DOC ou TED;
  • Fornecimento de microfilmagem de cheques;
  • Extratos mensais além do número estabelecido no pacote de serviços essenciais gratuitos;
  • Saques feitos além do número permitido gratuitamente por mês;
  • Recebimento de depósito identificado;
  • Emissão de Cheque Administrativo;
  • Segunda via de cartão de débito ou cartão-poupança devido a roubo, furto, perda ou mau uso.
  • E, para o crédito pessoal, temos a Taxa de Cadastro, que também pode ser cobrada pela instituição financeira.

 

GOLPES

Para sua própria segurança, é importante saber algumas coisas na hora de obter um crédito em QUALQUER instituição financeira. Caso contrário, você pode receber e cair numa ligação dessas…

Ligaram dizendo que você tem o nome sujo? Confira antes de cair nessa

 

 

Algumas dicas que podem te ajudar a não cair em golpes:

  • Consultar os valores e taxas que são cobrados durante a contratação e se fazem parte do que é permitido hoje no Brasil;
  • Procurar se informar sobre a Instituição, ver se ela é uma empresa realmente confiável e como vem atuando com seus clientes;
  • Se for um processo online, certificar que você está em um site totalmente seguro e que suas informações não serão expostas;
  • Verificar se há algum tipo de taxa antecipada. Essa é uma prática proibida pelo Banco Central;
  • Venda casada é uma prática criminosa, nesse caso, o consumidor não é obrigado a contratar serviços adicionais para ter acesso ao crédito;
  • Todos os contatos devem vir em nome da Instituição contratada;
  • Em caso de representantes comerciais, certificar-se de que tais estão realmente atuando em nome da Instituição do credor;
    Se receber qualquer ligação pedindo para que você confirme seus dados, sem saber do que se trata, não passe qualquer informação;
  • Contrate o crédito apenas em bancos, instituições financeiras ou correspondentes bancários que são instituições autorizadas pelo Banco Central.

Pra ficar ligado em conteúdos que te ajudam a não entrar numa roubada, fique de olho aqui, siga nossas redes sociais.

Caso esteja procurando um crédito pessoal, entre no nosso site e faça uma simulação ou baixe nosso app (disponível na Apple Store e Google Play Store).

A única forma de contratar um crédito com a Rebel é pelo nosso app ou site, tudo 100% online, sem o envio de nenhum documento de sua parte. Fique ligado!

Para determinar o valor dos juros são definidas taxas percentuais (taxas de juros) decididas pela política do credor, ou seja, o local onde se realizou a contratação do crédito.

Essas taxas podem variar de instituição para instituição de acordo com a análise do credor e tamanho do risco do emitente.

O mercado brasileiro utiliza de forma padrão a Taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), criada em 1979 pelo Banco Central do Brasil, tendo um papel de balizador no  controle da inflação.

Ela influencia todas as taxas de juros do país, sendo elas: taxas de empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.



Leia mais

Grana
timer 4 min

Empréstimo consignado: vantagens e desvantagens

agosto de 2017
Grana
timer 7 min

O que é leasing de carros? Qual a melhor escolha: CDC ou leasing?

janeiro de 2018
Grana
timer 4 min

Entenda como funciona, na prática, o limite do cartão de crédito

março de 2018