close

Grana

Organização financeira: por onde começar?

abril de 2020


timer
Tempo aproximado
de leitura:
4 min



Organização financeira deveria ser uma parte importante da vida de qualquer família. Mas agora que estamos vivendo em uma pandemia, esse assunto tem que ser sua prioridade máxima!

O problema é que, diante de tanta imprevisibilidade, pode ser difícil encontrar motivação para fazer o seu planejamento. É tanta coisa para pensar — obter uma renda extra, compras do mercado, empréstimos para pagar, faturas do cartão de crédito — que a tentação de jogar tudo pro alto é grande.

Mas ficar parado ou entrar em desespero é o que menos vai te ajudar nesse momento, acredite.

Ao invés disso, respire fundo e acompanhe as dicas desse post para manter suas contas em dia e sua situação financeira organizada. Com um pouquinho de esforço todos os dias, você aumenta suas chances de sair dessa crise até melhor do que entrou.

Estabeleça prioridades

Passou o mês na quarentena vendo um monte de séries no Netflix, lives no Instagram e notícias na TV pra fugir das faturas que não paravam de chegar? Então precisamos começar a rever essas prioridades!

Para uma boa saúde financeira, o primeiro passo é tirar um tempo para organizar suas contas. Se você sabe seus dias de vencimento e não costuma atrasar faturas, você pode se dar ao luxo de fazer isso uma vez ao mês. Mas se você esquece com frequência de pagar seus boletos, precisa começar a olhar para suas finanças pelo menos uma vez por semana.

Pra começar, coloque tudo em cima da mesa e dê prioridade para o que já está atrasado. Contas atrasadas, sejam elas empréstimos, faturas do cartão de crédito ou contas de luz, geram juros, taxas e multas — e algumas são bem elevadas.

Saiba quanto e quando você está pagando

Você pode até já ter seguido algumas das nossas dicas de organização financeira e estar maneirando nos gastos do cartão, ou economizando mais na luz e no gás, mas se não souber os vencimentos das suas faturas e o quanto de juros você pode pagar cada vez que atrasa um boleto, é bem provável que toda sua economia esteja indo pro ralo sem você nem perceber.

Por isso, analise bem os valores e taxas de todos os seus boletos. Veja quais instituições te cobram mais juros e dê prioridade ao pagamento dessas contas, pois elas podem te causar muitos problemas no futuro, caso você as atrase.

O rotativo do cartão de crédito e o cheque especial são os maiores vilões das suas finanças. Os juros nesses dois produtos podem chegar a quase 14% ao mês. Por isso, evite ao máximo esse tipo de dívida. Se já for tarde demais, priorize esses pagamentos e quite o mais rápido possível.

Qual o preço de não se organizar?

É alto. Além dos juros cobrados por atraso a cada dia, é imprescindível estar atento também ao seu histórico de crédito no Banco Central. Esse histórico é pessoal, mas está disponível para todas instituições financeiras com as quais você tem relação.

Em outras palavras: toda vez que você atrasa uma conta, esse atraso fica registrado em um banco de dados, que reúne todo o seu comportamento financeiro dos últimos anos. Cada atraso impacta no seu score — sua nota de crédito junto ao mercado.

Uma nota baixa é interpretada por muitas instituições como uma tendência de mau comportamento financeiro, e pode acabar sendo uma pedra no seu sapato na hora de obter qualquer crédito no futuro — seja financiamento, crédito pessoal, cartões de crédito e até mesmo abertura de conta corrente.

Não podemos esquecer que, dependendo do atraso, você pode ser negativado e seu nome acabar indo parar no SPC.

Por isso, se estiver com dificuldades para pagar suas contas, procure ajuda profissional o quanto antes. Na Rebel, você tem acesso não apenas a produtos de crédito personalizados, mas também a um universo gratuito de conhecimento sobre planejamento e organização financeira.

Esteja sempre em contato com conteúdos relacionados ao assunto (como você está fazendo agora 😉) e, se precisar, procure crédito em instituições financeiras confiáveis, que ofereçam taxas de juros mais baixas e pensadas de acordo com o seu perfil (dica valiosa: a Rebel é uma delas!).

O que vem depois das contas pra sua organização financeira

Depois que as contas estiverem em dia, você deve analisar o que é essencial pra você nesse momento. Algumas  coisas que são importantes para todos nós, especialmente em tempos de crise: alimentos, itens de higiene pessoal, produtos de proteção à saúde (máscaras, luvas, medicamentos), etc.

Se você teve a renda reduzida ou estiver com dificuldades para pagar suas contas em dia, deixe para adquirir itens que não são necessários quando sua situação se normalizar. O dinheiro que você gasta com besteirinhas pode fazer diferença na hora de comprar o que você realmente precisa no supermercado, por exemplo.

Sobre isso, inclusive, temos um post com um guia completo para uma ida ao mercado eficiente e barata – e inclui lista de compras!

Sempre que for comprar algo, anote e faça uma pesquisa online de estabelecimentos com melhores preços para ser certeiro nas suas escolhas.

Se for viável, compre de comerciantes locais ou próximos da sua residência. Além de ajudar pequenos negócios, você não se expõe a aglomerações de shoppings e supermercados. Caso os lojistas trabalhem com delivery, aproveite, porque assim você evita a tentação de comprar o que não precisa.

Cuide do seu bolso

Se em tempos normais já é importante cuidar das finanças, durante crises isso se torna ainda mais essencial. Mas seguindo essas dicas rápidas de organização financeira, você já será capaz de se estruturar melhor e passar por essa pandemia com pouco impacto negativo no seu bolso.

Se tiver interessado em mais conteúdo sobre finanças, confira nossos outros posts, nossa página no Instagram, no Facebook e nosso canal no Youtube. Estamos sempre criando conteúdos relevantes, voltados ao seu crescimento financeiro e pessoal.

Tamo junto!

Para ler mais conteúdos como este na palma das suas mãos, além de descobrir o “termômetro” da sua vida financeira, baixe nosso app! Disponível gratuitamente na Google Play para Androids e App Store para iOS.



Leia mais

Grana
timer 4 min

Empréstimo com garantia imobiliária: esse crédito compensa?

outubro de 2017
Grana
timer 7 min

O que é e como calcular o rotativo do cartão de crédito?

janeiro de 2018
Grana
timer 8 min

O que é deflação e como isso afeta os investimentos?

março de 2018