Criptografia de dados: saiba quais são suas principais aplicações e onde usá-la

By:
Se você tem dúvidas de onde usar a criptografia de dados, saiba que pode ser muito utilizada para navegar na internet e enviar informações sensíveis

As empresas estão cada vez mais preocupadas com a segurança de suas informações, pois milhões de dados são gerados a todo instante e os métodos para armazenamento podem não ser tão seguros. Uma dessas questões é onde usar a criptografia de dados de forma que possa aumentar a proteção da empresa contra ataques de Ransomware, por exemplo.

Nos últimos tempos tiveram muitos ataques com esse malware que rouba os dados da empresa e os criptografa, logo após o malfeitor exige um certo valor para resgate. Literalmente há um sequestro dos dados e após o pagamento a empresa recebe a chave para descriptografar e recuperar as informações.

Então se a criptografia é tão eficaz para essas pessoas mal intencionadas, imagine se for utilizada em sua empresa de forma a proteger o patrimônio? Com certeza a organização estará muito mais segura.

No decorrer deste artigo preparamos várias dicas para que você possa fazer bom uso dessa técnica que trouxe muitos benefícios tanto para empresas quanto para pessoas físicas.

As transações com criptomoedas são assinadas com a tecnologia blockchain onde há um processo de criptografia.

Quais são suas aplicações mais comuns?

A criptografia é um conjunto de técnicas para codificar os dados de forma que somente quem possui a chave consegue decodificar. Neste processo é utilizado o sistema de chaves simétricas ou assimétricas.

No processo com chaves simétricas, a mesma que é utilizada para codificar é usada para decodificar os dados. Já se for utilizada as chaves assimétricas, o emissor utiliza a chave pública do receptor para cifrar as informações e este utiliza sua chave privada para decifrá-las. Logo a chave privada deve ser guardada à “sete chaves” para que pessoas não autorizadas tenham acesso aos dados recebidos.

Veja as principais aplicações da criptografia no mundo moderno.

Criptomoedas

Investimentos em moedas digitais estão em alta, então para garantir a segurança das transações o processo de criptografia é utilizado para proteção das negociações realizadas pela rede.

Uso pessoal e empresarial

Pode ser utilizada para proteção de dados empresariais ou pessoais que estejam armazenados em
computadores pessoais ou servidores.

Trocas de informações

Uma outra forma de utilização muito importante é para navegar e enviar informações pela rede, onde os ataques são constantes para interceptar dados que estão trafegando por ela. Então se estiverem criptografados o atacante não conseguirá decifrar. A VPN é muito utilizada para este fim, pois atua como um túnel por onde as informações navegam de forma cifrada.

Áreas de segurança

Uma curiosidade sobre essa técnica é que pode ser determinada para criptografar automaticamente áreas específicas dentro do computador do usuário. Diante disso, se o computador for utilizado por terceiros, estes não terão acesso às informações contidas nesse espaço protegido.

Assinatura digital de documentos

Devido ao incentivo para o desenvolvimento sustentável, diminuição de custos e também praticidade no manuseio de documentos, muitas empresas preferem utilizar documentos digitais e para isso a criptografia de dados pode ser utilizada para garantir a autenticidade dos documentos.

Saiba como e onde usar a criptografia de dados

Há muitos benefícios ao fazer uso da criptografia nas empresas, mas o principal deles é a segurança das informações armazenadas e trafegadas. Ela não impede que os dados sejam roubados, mas sim que eles sejam lidos por pessoas não autorizadas.

Ela pode ser usada em várias situações tais como para proteção de dados sensíveis que são trafegados pela rede ou guardados na nuvem. Dessa forma mesmo que o crackers consigam invadir e roubar as informações, eles não conseguirão decifrá-las.

Falhas de proteção faz com que os cybercriminosos tenham acesso a dados de clientes tais como dados pessoais, números de cartões de crédito e outros que possam contribuir para a realização de fraudes.

Veja abaixo alguns exemplos de como usar a criptografia para evitar perdas e danos.

Criptografia simples (SSL)

O SSL é um protocolo para navegação segura na internet, a aplicação que o utiliza é indicada por um cadeado verde. Ele valida a URL do site e dessa forma protege as informações dos clientes que são inseridas nas páginas.

Criptografia para e-mails

Muitos e-mails são enviados e recebidos a todo instante, imagine se essas mensagens contiverem informações sigilosas e forem interceptadas por cybercriminosos? Então, se forem cifrados, dificulta a leitura por quem os roubou.

Certificado codesign

Esse certificado é uma boa alternativa para criptografar o código fonte de determinadas aplicações em que os desenvolvedores julgarem importantes para o negócio.

Criptografia de HD

Você pode ainda codificar os dados que estão armazenados em DH´s tanto das máquinas quanto de externos e se caso forem extraviados ou roubados, o criminoso não terá acesso às informações.

Assinatura digital

A assinatura digital possui valor jurídico e é muito utilizada pelas empresas para garantir a autenticidade dos documentos.

Criptografia de arquivo

Se a empresa não necessitar criptografar todo o HD, poderá realizar este procedimento apenas em arquivos específicos, impedindo a leitura por pessoas não autorizadas.

Como a tecnologia evolui a todo instante, não pode-se garantir que a criptografia será eternamente segura, um dia as chaves utilizadas atualmente poderão ser quebradas. Mas enquanto isso não ocorrer, a criptografia é uma das formas mais seguras para proteção de sua empresa.

Para isso, necessita-se de especialistas na área de segurança da informação, mas muitas vezes pode sair caro dependendo do tamanho da organização. No entanto, para resolver esse problema, há muitas soluções no mercado que oferecem mão de obra terceirizada por um preço acessível, sem precisar que a empresa gaste com contratação de profissionais.

Após ter lido este artigo, ainda ficou alguma dúvida ou tem alguma sugestão? Deixe sua opinião nos comentários e nos ajude a aprimorar cada vez mais.

Continue seguindo nossas publicações e fique por dentro de mais conteúdos relacionados à esse tema.

Até mais!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *