Quer viajar de avião com pontos? Saiba como fazer isso

By:

Uma das grandes vantagens de quem usa bastante o cartão de crédito é poder viajar de avião com pontos. Provavelmente, você já ouviu falar de alguém que economizou um pouco ao pagar parte ou toda a passagem com pontos.

A verdade é que é uma opção bastante prática e vantajosa, quase como reaver o dinheiro que você gastou em outras compras com seu cartão. Então, se você gosta de conhecer o mundo (ou o Brasil), pode aproveitar para viajar de avião com pontos.

Venha conhecer mais sobre essa forma de pagamento da sua passagem e saiba como usar seus pontos:

O que são os pontos?

Os pontos, também conhecidos como milhas ou créditos, são pequenos valores que você acumula quando faz compras com alguns cartões de crédito ou viaja de avião com determinada companhia aérea.

O objetivo é permitir que você possa trocar as milhas por uma nova passagem e viajar de avião com pontos, economizando dinheiro naquele momento. É uma forma de incentivar as pessoas a viajarem ou comprarem mais (para acumular as milhas e créditos) e, então, desfrutar do benefício de uma passagem “gratuita” quando atinge a quantidade de pontos necessária. 

Como funciona?

Existem vários planos de milhas que podem ser utilizados. Inclusive, cada companhia aérea costuma usar um específico. Para entender melhor como funciona cada um deles, confira nos tópicos abaixo.

Multiplus

Com a Multiplus, é possível juntar pontos obtidos com passagens aéreas e cartões de crédito. Fonte da imagem: Milhas e Destinos

A Multiplus é uma das formas que você pode usar para juntar milhas e viajar de avião com pontos. Com acesso pelo site ou por aplicativos (para Android e iPhone), você junta os créditos através de passagens de avião – no caso de viagens feitas pela LATAM – e cartão de crédito – compras vão acumulando pontos.

Há a opção de troca por passagens de avião, mas, se preferir, você também pode escolher entre produtos e serviços disponíveis e que trabalham com as milhas da Multiplus.

Smiles

Ao acumular milhas usando o Smiles é possível viajar para mais de 160 países. Fonte da imagem: Givenchy

Outro programa interessante para quem quer viajar de avião com pontos é o Smiles. Com ele você pode acumular suas milhas através de passagens de avião – feitas pela companhia aérea GOL (no Brasil) –, fazendo reservas em alguns hotéis parceiros, ao alugar carros ou usar o cartão de crédito.

Basta verificar se o seu cartão pode participar e acumular milhas para o Smiles. Depois de juntar a quantidade de pontos necessária para a viagem que você deseja fazer, é só trocar e aproveitar.

O programa de fidelidade conta com várias parcerias que não as companhias aéreas, o que facilita o acúmulo das milhas mais rapidamente. Todos os dias é possível encontrar boas promoções, seja de voos ou de outros produtos para uso dos pontos.

Quem usa o Smiles pode aproveitar para fazer viagens para a América do Sul com valores mais em conta – e, portanto, menos milhas necessárias para resgatar a passagem.

Amigo

O Amigo é um programa de fidelidade exclusivo da Avianca Brasil. Fonte da imagem: Avianca Brasil

Se você costuma viajar bastante pela Avianca Brasil, pode usar o programa de fidelidade deles para viajar de avião com pontos. Para juntar os créditos, você pode comprar nas lojas on-line parceiras, transferir pontos do cartão de crédito ou viajar com a Avianca.

É preciso se cadastrar e informar o número Amigo assim que faz a reserva ou o check-in. O mesmo acontece quando são feitas compras on-line. Para resgatar os pontos, assim que acumular a quantidade suficiente para a passagem, você entra no site e seleciona entre os mais de mil e trezentos destinos disponíveis.

O programa conta com alguns parceiros, o que permite que você consiga acumular mais pontos, mas não tem tantos como a Multiplus ou Smiles. Um grande benefício existe para quem quer viajar para a Região Nordeste, já que há opções de passagens mais baratas que podem ser compradas com milhas.

Permite fazer resgates a partir de 4 mil pontos para destinos nacionais.

TudoAzul

Passageiros da Azul podem usar o programa de milhas da própria companhia aérea, o TudoAzul. Fonte da imagem: Revista Embarque.

O TudoAzul é o programa de milhas da Azul. O resgate pode ser feito mais rapidamente, ao juntar 5.000 pontos ou 500 pontos e parte do valor pago em dinheiro. Aqui apenas passagens aéreas são parte do benefício e você tem dois anos para usar os créditos e pode escolher qualquer assento em qualquer voo.

Você pode optar entre destinos nacionais e internacionais. São mais de cem opções disponíveis. Além de viagens feitas pela Azul, você acumula pontos com programa de pontos Caixa, Itaú Sempre Presente, compras no hotsite das Casas Bahia e Petrobras Premmia.

Solicitar passagens com pontos no programa TudoAzul é interessante para viagens que você está programando há algum tempo. Deixar para comprar faltando apenas um mês para o voo encarece a tarifa e faz com que você gaste mais milhas.

Uma situação negativa do TudoAzul é a cobrança de uma taxa de conveniência para resgates feitos por pontos. É o único programa de milhas que conta com essa tarifa.

Quantas milhas eu preciso para viajar?

Viajar de avião com pontos é muito prático e permite economizar dinheiro. Apesar disso, a quantidade de pontos que você precisa ter para poder fazer as malas e seguir viagem depende muito do destino escolhido.

Tudo varia de acordo com a distância. Se a ideia é ir para algum país da América do Norte, você vai precisar acumular, em média, 57 mil milhas (para conseguir as passagens de ida e volta apenas com pontos). Para a Europa, seria preciso juntar cerca de 102 mil milhas; já para a Ásia, 70 mil pontos podem ser necessários.

O local em que você mais economiza – ou precisa juntar menos créditos – é para a América do Sul. Aproximadamente, 24 mil milhas são suficientes para você viajar de avião com pontos.

 Quem tem interesse em conhecer a África – e não se importa de viajar fora de feriados e datas importantes – consegue passagens de ida e volta por cerca de 60 mil milhas.

Vale comentar que esses são os valores médios para quem deseja viajar usando milhas. Além disso, é preciso levar em consideração que períodos de alta temporada, feriados e datas comemorativas costumam ter passagens mais caras, o que pode aumentar a quantidade mínima de milhas de que você precisa.

Quais são as vantagens das milhas?

Uma das grandes dúvidas de quem aposta nos programas de milhas é se há vantagens em acumular pontos. Vale a pena o gasto nos cartões de crédito, compras com parceiros e até mesmo nas passagens de avião para outros destinos?

Para mostrar para você que sim – e quem sabe convencê-lo a adotar um programa de milhas para viajar de avião com pontos – conheça algumas vantagens:

  • Destinos nacionais com menor preço

Alguns planos de milhas focam nos destinos nacionais e oferecem passagens com valores em pontos bem mais em conta. A Multiplus e a Amigo são dois exemplos. A primeira permite que você possa viajar dentro do Brasil com cerca de 35 mil pontos, enquanto a segunda tem descontos para quem quer conhecer o nordeste brasileiro.

  • Facilidade no acúmulo de pontos

Muitas pessoas acreditam que para acumular créditos nos programas de fidelidade você precisa apenas viajar de avião. Só que não é bem assim que as coisas funcionam. Você pode ser alguém que não viaja muito, mas usa bastante o cartão de crédito e, assim, consegue acumular as milhas para viajar de avião com pontos.

  • Possibilidade de pagar mais barato na passagem

Pode ser que você não consiga acumular a quantidade de créditos necessários para pagar as passagens inteiras de ida e volta de uma viagem que pretende ou precisa fazer. Ainda assim, os pontos vão ajudar você a economizar, já que podem ser utilizados para pagar parte do valor do bilhete aéreo.

  • Uso de milhas com companhias aéreas parceiras

Apesar de você acumular os pontos viajando com algumas das companhias aéreas mais conhecidas no Brasil (Avianca, Azul, Gol e LATAM), você pode acumular pontos e resgatar passagens de outras operadoras. Basta verificar quais são as companhias parceiras.

  • Possibilidade de escolha entre destinos nacionais e internacionais

Destinos internacionais vão exigir um pouco mais de milhas, mas isso não significa que você não possa viajar para fora do país usando apenas os pontos que acumulou no programa de fidelidade. Os créditos são válidos para a compra de passagens nacionais e internacionais.

Agora você já sabe como fazer para viajar de avião com pontos. Deu para perceber que você conta com várias opções de programas de fidelidade e pode escolher aquela que mais se adapta ao seu estilo de vida – e de viagens.

Gostou de conhecer mais sobre o assunto? Aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais! Talvez seus amigos também estejam interessados em saber mais sobre como viajar de avião com pontos!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *