CPF com restrição: como limpar seu nome?

By:

O que é uma restrição no CPF?

Uma restrição no CPF é uma situação na qual um indivíduo tem dívidas em aberto e, por conta disso, seu cadastro consta em listas de órgãos de proteção ao crédito.

Dessa maneira, financiamentos em seu nome, assim como pagamentos parcelados, créditos bancários, aberturas de contas-correntes se tornam mais difíceis. Em algumas ocasiões, são tarefas impossíveis.

A dificuldade de pagar dívidas as atrasa e, por conta disso, o devedor passa a ter uma restrição em seu CPF.

Isso permanece, evidentemente, até que o devedor pague ou renegocie seus débitos e, por consequência, seu nome e CPF sejam retirados dos cadastros, deixando de ser negativado.

É muito comum uma pessoa ficar sabendo de sua situação negativada ao tentar fazer qualquer operação que precise de crédito. No entanto, é comum que sejam enviadas correspondências, a fim de informar a inclusão de nome e CPF no cadastro.

Uma consulta junto aos órgãos de proteção ao crédito também informa todo o status do indivíduo. A seguir, veja como fazer isso e não ter surpresas desagradáveis no momento de fazer um parcelamento ou financiamento.

Como ocorre a consulta do CPF?

Até 2016, apenas os postos do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) davam informações sobre restrição no CPF gratuitamente. Algumas empresas também orientavam e ainda orientam nesse sentido, mas costumam cobrar uma taxa.

Atualmente, porém, é possível fazê-lo pela internet, também sem a necessidade de pagar. Para isso, é necessário entrar neste site e inserir os dados pedidos. Em caso de restrição, é possível identificar a existência de dívidas e outras pendências financeiras, desde que estejam registradas junto ao SCPC, SPC e SERASA.

A primeira consulta demanda um pouco mais de tempo, pois é preciso fazer um cadastro no site. Depois disso, ao informar o e-mail e a senha, o consumidor já está em sua área restrita do site.

Os detalhes de cada dívida também são informados, como valor e a empresa credora.

O principal fator facilitador dessa consulta gratuita na internet é o fato de o devedor ter a oportunidade de negociar as dívidas junto às empresas, sem a necessidade de intermediários.

Como limpar meu nome?

Não importa o valor de sua dívida ou, mesmo, há quanto tempo ela persiste. O processo para deixar de ter restrição no CPF é semelhante na maioria dos casos. Naturalmente, os débitos mais recentes contam com taxas de juros menores. Por outro lado, os mais antigos podem ter condições especiais oferecidos pela empresa credora.

A primeira atitude que se deve tomar é relembrar a origem da dívida. Em alguns casos, esse fato ainda está na memória, mas, principalmente em dívidas que duram mais tempo, não se pode haver essa precisão.

Para saber exatamente com quem negociar esse débito, consulte seu CPF. Como já citado, essa informação é fornecida.

Com esse dado em mãos, é o momento de partir para a conciliação. Procure a instituição financeira ou estabelecimento comercial que cobra a quantia devida. Antes disso, verifique o valor exato que se pode pagar, tanto em transações à vista quanto parceladas. Dessa forma, você consegue uma proposta que realmente tenha condições de ser cumprida.

Você também pode visitar feirões que ocorrem de tempos em tempos e que são promovidos pelos órgãos de proteção ao crédito. Diversas empresas disponibilizam equipes dispostas a dar condições para que o inadimplente possa quitar seus débitos.

Verifique junto à empresa a necessidade de agendar um horário. Em caso positivo, faça-o.

Não aceite a primeira proposta, pois as chances de se conseguir condições melhores posteriormente são grandes. É bem difícil conseguir um abatimento no valor real da dívida, mas é possível obter condições especiais nos juros.

Os débitos pagos à vista podem contar com descontos ainda maiores.

Além dos valores, verifique o que realmente o credor está cobrando. Esteja atento a taxas indevidas — apenas multa e juros podem ser acrescidos ao valor original.

A partir da quitação da primeira parcela, a restrição no CPF do devedor deve ser anulada. Esse é um direito do pagador dos débitos e deve ser exigido.

Além de pagar as dívidas, você também pode substituir um compromisso por outro. Isso é feito principalmente com débitos cujos juros costumam ser altos, como cartão de crédito e cheque especial.

Nesse caso, você consegue pegar um empréstimo, com taxas mais baixas, feito exclusivamente para pagar a despesa anterior. Você ficará mais tranquilo em relação à evolução dos juros e, ainda, faz uma negociação bastante favorável, que permite quitar os pagamentos em dia.

Após quitar as dívidas e ter o nome limpo novamente, é preciso mudar alguns hábitos, para que o contratempo não se repita.

No entanto, tão importante quanto pagar tudo o que estiver em aberto é mudar o comportamento em relação aos gastos e evitar uma nova restrição no CPF.

Para isso, você pode contar com o auxílio de diversas ferramentas, que ajudam no controle das finanças e permitem que você saiba onde gasta cada centavo.

Pode ser qualquer recurso: uma folha de papel, planilha no Excel, softwares ou, até mesmo, aplicativos por meio dos quais você consegue lançar custos e quantias recebidas, a fim de verificar se o saldo será negativo ou positivo no final de um determinado período, como um mês.

Antes de comprar um item, verifique a real necessidade de tê-lo. Se não for algo tão essencial assim, dê um tempo e pense melhor. Nesse aspecto, planejamento é fundamental, principalmente se a quantia a ser gasta for alta.

Com certeza, a mudança de um padrão de comportamento leva um tempo, em especial se for um hábito mantido por anos. Assim, não se preocupe e trace metas possíveis de serem cumpridas.

Como consequência, ao atingir cada meta, você se sente mais motivado a continuar fazendo o que for possível para não ter mais dívidas.

Você viu neste texto o que é ter um CPF com restrição, como isso acontece e como acabar de vez com essa situação, sem ter a menor chance de entrar em dívidas novamente.

Para saber mais de como cuidar de seu dinheiro e ter uma vida financeira saudável, leia os outros textos do blog e acompanhe suas atualizações. Entre em contato para ter mais informações sobre os conteúdos e os serviços prestados.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *